Quem quer bom ervilhal, semeia-o antes de Natal

Pela lógica do provérbio…não hei-de ter grandes ervilhas, já que a sementeira foi no fim de Fevereiro!

Contudo, a verdade é que as ervilhas nasceram muito bem. Portanto, até ao momento, “Mas que ricos tomates” 1 – Provérbio – 0. Vai buscar!

O processo de sementeira não teve nada que enganar – sementes na terra e toca a andar. Isto também dava um bom provérbio, mas vamos ao que realmente interessa:

  • Dia 28 de Fevereiro semeei as ervilhas em cuvetes.
  • Enchi as cuvetes com terra escura.
  • Coloquei duas sementes por cuvete a cerca de 2 cm de profundidade.
  • Coloquei uma placa para identificar o que tinha semeado.
  • Reguei e coloquei na rua em local abrigado.
  • À media que via a terra a ficar seca, regava novamente!

Até ao momento, foi este o meu procedimento e o estado actual pode ser visto nas imagens.

De seguida, talvez ainda hoje ou amanhã, espero transplantar as plantas das cuvetes para a horta. No entanto, além de transplantar, irei semear directamente na horta mais algumas ervilhas. O objetivo, além de ter mais, é poder ter ervilhas em fases diferentes e experimentar outro método. Nos últimos dias tem feito bastante calor por estes lados (tendo em conta que ainda não estamos na Primavera) e, por isso mesmo, este método deverá ser um sucesso.

Não me vou alongar mais, até porque tenho coisas na horta para fazer, fiquem então com as imagens:

 

2 Comments

  1. Pingback: Cebola, cebolas, muitas cebolas...e mais ervilhas! - Mas que ricos tomates

  2. Pingback: A horta no último mês - Mas que ricos tomates

Deixar uma resposta