Espinafres verdadeiros, Popeye e um gato

Quando falei em espinafres anteriormente, não tinha a certeza da espécie que estava a plantar. No entanto, passados alguns meses e, tal como o título indica, cheguei à conclusão que tenho na horta espinafres-verdadeiros ou híbridos Popeye. Não sei se ele os comia, mas pelo nome devem ser os espinafres preferidos do Popeye.

Desde que os plantei já passaram por várias mudanças de clima. Já choveu imenso e os regos ficaram alagados, o vento costuma ser forte naqueles lados, durante alguns dias as temperaturas andaram entre os 15ºC e os 20ºC ao sol e, durante uma semana, o Inverno brindou a horta com temperaturas abaixo dos 5º C! No meio destas variações todas, os espinafres do Popeye aguentaram-se e estão com óptimo aspecto, já os espinafres da Nova Zelândia…estão mortos, as baixas temperaturas e a geada queimaram as folhas todas.

Assim, neste momento, na horta só tenho espinafres desta qualidade. Como ainda estão pequenos, não vos posso dizer se são bons ou não, mas pelo aspecto devem ser. Algo curioso sobre esta espécie é que, ao contrário dos neozelandeses, não crescem na horizontal e têm um tom mais escuro, fazendo lembrar a rama da beterraba.

Não disse acima, mas além de todas as intempéries, andou um gato a esgravatar no canteiro. Até aqui tudo bem, o problema é que me enterrava os pés acabados de plantar e lá tinha eu, de tempos a tempos, de os desenterrar. Raios te partam gato! Não sei que andava lá a fazer, mas espero que o principal motivo tenha sido o de predador natural de ratos!

Tenho pena de não ter plantado mais destes espinafres por serem tão rijos. Aliás, até acho que o nome Popeye não foi atribuído por acaso…o que me leva a concluir que a malta da Nova Zelândia não gosta de frio, será uma coincidência?

 

One Comment

  1. Pingback: Trabalhos na horta - Parte I - Mas que ricos tomates

Deixar uma resposta