Abóboras gigantes – a terceira tentativa falhada!

Por três vezes, no espaço de cinco anos, semeei abóboras na horta. De todas as vezes, as sementes nasceram, cresceram e deram abóboras. Até aqui, tudo bem. No entanto, a bem da verdade, não está tudo bem! E porquê? Porque as sementes eram de abóboras gigantes e de gigante não tinham nada!

As abóboras semeadas são da espécie cucurbita maxima (também conhecida por atlantic pumpkin) e vieram de duas lojas do ebay (uma chinesa e outra britânica). Além de serem anunciadas como gigantes e com óptimo sabor, são acompanhadas de imagens de encher o olho.

Cheira-me que tenho vindo a ser enganado e o pior é que já lá vão três vezes. No entanto, existem factores que me levam a acreditar na veracidade da “coisa”. Com solo e clima adequado, acredito que consiga ter abóboras gigantes.

À parte de conseguir ou não produzir abóboras gigantes, esta espécie tem algumas particularidades interessantes. Além de cada planta só produzir um abóbora, também não ocupa muito espaço, ao contrário de outras espécies que crescem imenso pelas plantações fora.

Para quem tiver curiosidade, aqui ficam umas imagens das várias tentativas!

One Comment

  1. Pingback: Vem aí a Primavera - os meus planos para a horta! - Mas que ricos tomates

Deixar uma resposta